.

Secreções vaginais durante a gestação: fique alerta

shutterstock_92823688
A saúde ginecológica deve ser uma preocupação de toda gestante

A gravidez é um período de grandes transformações físicas e psicológicas na vida de uma mulher, afinal, serão nove meses de grandes descobertas. Todas essas novidades e mudanças acabam preocupando as futuras mamães e podem gerar diversas dúvidas. Durante os meses de desenvolvimento do futuro bebê, mudanças como alteração de peso, manchas na pele, varizes, variações de humor e no padrão de sono, dentre outras, são naturais. Entretanto, há de se ressaltar outra alteração que também ocorre neste período: o aumento ou aparecimento das secreções vaginais.

De acordo com o ginecologista especialista em Reprodução Humana da Criogênesis, Dr. Renato de Oliveira, as secreções na gravidez é algo que pode estar presente. “O aumento das secreções vaginais é comum durante a gestação e, na maioria das vezes, trata-se de algo benigno e fisiológico, decorrente do maior fluxo de sangue na região vaginal. Essa secreção não apresenta riscos à mãe ou ao bebê. Seu aspecto é transparente ou levemente esbranquiçado, não possui cheiro e não causa coceira ou irritação”, explica o médico.

Ainda, de acordo com o especialista, próximo ao parto, a secreção torna-se mais volumosa e pode adquirir uma coloração avermelhada ou amarronzada. “Esse é um sinal de que o corpo da mulher está se preparando para o nascimento do bebê, o que não significa que o parto será logo, pois isso varia conforme cada mulher”, ressalta.