Home Família Quando recorrer ao aconselhamento genético?

Quando recorrer ao aconselhamento genético?